Fashion

Como Combinar Cores

Para montar produções interessantes e estilosas as cores são fundamentais, mas nem sempre é fácil! Por isso, criamos este guia prático de como combinar as cores. O guia vai ensinar tudo o que você precisa saber para criar as mais lindas — e inusitadas — combinações de cores, que vão valorizar ainda mais as suas peças.

Quem conhece as características de cada cor passa mais segurança na hora de sugerir uma combinação de cores. Além disso, se sentir confiante para navegar no círculo cromático dá muita liberdade para criar.

O círculo cromático

Para facilitar o entendimento, as cores foram colocadas lado a lado em um círculo, de acordo com suas tonalidades. Este é o círculo cromático.

Circulo Cromático

A partir do círculo, é possível visualizar quais cores combinam melhor e são mais agradáveis ao nosso olhar. Quando é detectada uma combinação agradável a partir de cores puras, são chamadas de harmonias.

Características das cores

As cores primárias são o vermelho, amarelo e azul. Há ainda cores secundárias e terciárias, que são variações de tons e desdobramentos das cores primárias.

O círculo cromático também é dividido em cores quentes e cores frias. Entre as quentes estão os vermelhos, amarelos, laranjas, rosas. As cores quentes chamam a atenção e aproximam o olhar. Azuis, verdes, roxos são cores frias, são mais sóbrias, e permitem combinações cheias de elegância.
Branco, preto e cinza são consideradas cores neutras. Logo, podem servir como base para diferentes combinações.

Conheça alguns tipos de combinação de cores: monocromática, análoga, complementar e tríade.


combinação monocromática consiste em utilizar variações de tonalidade dentro da mesma cor. É uma combinação fácil e que agrada a muita gente. Pode-se acrescentar a essa combinação um tom de cor neutra, como branco, preto ou cinza. Entretanto, a combinação monocromática não apresenta contraste e não é tão vibrante como uma combinação complementar, por exemplo.

Ao utilizar uma cor primária e outras duas cores “vizinhas”, ou seja, listadas em sequência no círculo cromático, temos a combinação análoga. Uma cor domina a combinação enquanto as coadjuvantes alegram e trazem riqueza para a combinação. Um cuidado é não utilizar muitas cores nesta combinação, pois pode destruir a harmonia. Uma vantagem é que a combinação análoga é tão fácil de criar quanto a combinação monocromática, porém é muito mais bacana. Ainda assim, também como a primeira, não possui cor de contraste. Dica: evite a mistura de cores quentes e frias na mesma harmonia.

Harmonia de contraste, a combinação complementar acontece quando combinamos duas cores opostas no círculo cromático. Aqui sim, vale misturar cores frias com cores quentes. Aliás, essa é uma linda combinação, que funciona muito bem. Essa combinação chama muito a atenção, por isso, vale destacar uma cor dominante e utilizar a outra para fazer detalhes. Ao contrário da monocromática e da análoga, é mais difícil de encontrar um equilíbrio da combinação complementar.


A combinação de três cores com a mesma distância entre si forma a tríade. O efeito visual da combinação tríade é moderno e bem diferente. Cheia de contrastes, mas sem perder o equilíbrio e o requinte das cores jamais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove + três =